Ato contra Bolsonaro é encerrado no Rio de Janeiro

LEONARDO VICELI
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O protesto no centro do Rio de Janeiro contra o presidente Jair Bolsonaro foi encerrado por volta das 14h45 deste sábado (2).


O foco dos manifestantes foi a defesa do impeachment do presidente, que também vincularam o governo ao aumento da inflação e à perda de empregos durante a pandemia.


Bandeiras de partidos políticos ligados à esquerda e movimentos sociais dominaram o ato. Também foi possível observar o verde e amarelo de bandeiras do Brasil, usado mais frequentemente em manifestações bolsonaristas.


Um dos líderes políticos que discursaram no ato foi o pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT). Ele pediu união contra Bolsonaro, mesmo com as diferenças dentro da oposição. Ele foi alvo tanto de aplausos quanto de gritos contrários.


Na reta final do protesto, houve gritos de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Recentes

Recomendados